Atestado de comparabilidade para um diploma obtido no exterior

O centro ENIC-NARIC França adotou, a partir de 1°. de setembro de 2009, uma abordagem comparativa para o tratamento dos trâmites de reconhecimento dos titulares de diplomas estrangeiros.
Ele fornece aos detentores de qualificações estrangeiras um atestado de comparabilidade para um diploma obtido no exterior que avalia o diploma submetido em relação ao sistema francês.
O processo implementado foi submetido ao conselho de administração do estabelecimento e aprovado em 31 de março de 2009.

 

Reconhecimento profissional

Reconhecimento académico

Sítio Web da rede ENIC-NARIC

Como é estabelecido o atestado de comparabilidade de um diploma obtido no exterior?

Princípios gerais

Não existe automatismo nas respostas e atestados fornecidos: os peritos do centro ENIC-NARIC França efetuam pesquisas específicas dedicadas a cada pasta submetida. Nesse contexto, são levados a consultar fontes especializadas, interrogar os serviços estrangeiros competentes, eventualmente as autoridades administrativas do país de origem e os outros centros da rede ENIC-NARIC.

A avaliação dos diplomas estrangeiros respeita as orientações europeias (o Processo de Bolonha, em particular) e os textos regulamentares vigentes na área de reconhecimento dos diplomas:

Procedimento

O centro ENIC-NARIC França utiliza, para avaliar os diplomas estrangeiros, uma grade de análise que aplica os princípios dos textos internacionais que guiam o reconhecimento dos diplomas na Europa.
Esta grade de análise é um documento de trabalho interno. Ela foi elaborada pelo centro Enic-Naric França e por um grupo de trabalho integrando representantes de:

  • Direction générale pour l'enseignement supérieur et l'insertion professionnelle (DGESIP),
  • Direction des relations européennes et internationales et de la coopération (DREIC),
  • Conférence des présidents d'université (CPU),
  • Commission nationale de la certification professionnelle (CNCP),
  • Agence d'évaluation de la recherche et de l'enseignement supérieur (AERES).

Composta por dez elementos, esta

grade de análise

é um suporte para a análise comparativa efetuada pelo perito.
Ela está dividida em dois níveis:

  • Dois "critérios de elegibilidade" exclusivos que referem-se aos elementos sobre a autoridade de reconhecimento de ordem binária (sim/não);
  • Oito "elementos de apreciação" que repertoriam elementos formais de comparação e elementos de qualidade.
CRITÉRIOS DE ELEGIBILIDADE
  Reconhecimento do diploma pelo Estado do sistema educativo ao qual ele pertence
Condição da instituição no país de obtenção
ELEMENTOS DE APRECIAÇÃO
Índices formais Acordo bilateral ou multilateral
Lugar relativo do diploma em um quadro nacional ou internacional
Duração oficial dos estudos
ECTS/créditos
Pré-requisitos para entrar em formação
Componentes da certificação (conhecimentos, competências, "learning outcomes")
Aberturas acadêmicas e profissionais
Garantia de qualidade Existência de uma avaliação independente e externa da formação ou da instituição