Perícia e auditoria em línguas

Línguas estrangeiras na França


No sector das línguas estrangeiras na França, a actividade do CIEP foi organizada em função das prioridades do sistema educativo francês e da sua integração na problemática europeia e internacional.

Para contribuir para o desenvolvimento da dimensão europeia do ensino das línguas, o CIEP participa, em parceria com outros organismos europeus como o CILT ou o Instituto Cervantes, em concursos públicos.

Língua francesa
No sector da língua francesa, o CIEP desempenha um papel de estrutura de apoio e de pólo de referência do Francês ensinado a estrangeiros, do Francês como segunda língua e como língua de ensino.
A pedido de vários parceiros - Ministério da Educação, dos Assuntos Estrangeiros, Organização Internacional da Francofonia (OIF), Agência Universitária da Francofonia (AUF), Federação Internacional de Professores de Francês (FIPF), etc. -, o CIEP conduz acções de auditoria e de peritagem que visam:

  • A montagem de planos de formação em classe ou por Internet,
  • A realização de manuais, etc.

O CIEP também desempenha um papel de operador junto de três ministérios (Educação, Assuntos Estrangeiros, Cultura), implementando a certificação dos centros de ensino de francês a estrangeiros na França.

Avaliação e certificados


No sector de avaliação e certificados, o CIEP é responsável pela gestão administrativa e pedagógica dos diplomas nacionais de Francês ensinado a estrangeiros (DILF-DELF-DALF) e do Teste de conhecimento do Francês (TCF).
Para este efeito, ele possui meios de pesquisa e de peritagem e ele criou, em Setembro de 2006, uma célula de peritagem pedagógica e psicométrica que propõe aos parceiros do CIEP, implicados na avaliação, prestações que satisfazem as exigências de qualidade.
O CIEP propõe a sua perícia em matéria de auditoria, para ajudar a conceber exames e a dispensar formação, em dois domínios:
  • Uma perícia pedagógica
  • Uma perícia psicométrica