A oferta por domínio

O CIEP propõe um serviço de formação, no domínio das línguas e da educação, que é dispensado através de encontros anuais, de formação à distância e de estágios personalizados.
Para organizar estas formações, o CIEP apoia-se numa rede de peritos e de parceiros franceses e estrangeiros.

Públicos:

Esta oferta destina-se a responsáveis, inspectores, conselheiros, formadores e professores franceses e estrangeiros.

Instalações:

Estas formações realizam-se, consoante o caso:
  • No CIEP, em Sèvres, próximo de Paris, implantado no edifício histórico da antiga manufactura real de porcelana, que oferece aos estagiários condições de trabalho e de alojamento de qualidade.
  • Em outras cidades de França ou no país solicitador.

Determinadas formações realizam-se no Centro do CIEP da Ilha da Reunião.

Financiamento:

Em certos casos, os estágios podem ser financiados, para os participantes estrangeiros, pelos serviços culturais das embaixadas de França no estrangeiro, por certos organismos nacionais (universidades, centros de formação, etc.), internacionais (Organização Internacional da Francofonia, Agência Universitária da Francofonia, etc.) ou por bolsas europeias.
Para os participantes franceses, algumas formações são financiadas pelos reitorados, os IUFM (Institutos Universitários de Formação dos Mestres).

Línguas estrangeiras

As formações em línguas estrangeiras destinam-se ao público francês. Elas emanam de encomendas provenientes do Ministério da Educação Nacional. Elas inscrevem-se no âmbito de acompanhamento da política em matéria de línguas e estão integradas, algumas delas, no Plano Nacional de Pilotagem (PNP).
Elas referem-se, por exemplo, aos seguintes temas:

  • site Primlangues
  • site Emilangues;
  • Secções europeias e de línguas orientais (formação específica, uso dos TICE, etc.);
  • Projectos de troca à distância, etc.

Contato : dle@ciep.fr

Língua francesa

Três encontros anuais

  • Dois estágios BELC, em Fevereiro e em Julho
  • Estas duas sessões de formação destinam-se aos formadores franceses e estrangeiros, interessados nas problemáticas profissionais do ensino do Francês.
    • BELC - estágio de Inverno: em Sèvres, 15-26 de Fevereiro de 2010
      Duas opções (uma ou duas semanas) e 6 ramos: Francês ensinado aos estrangeiros, Francês como segunda língua, engenharia de formação, engenharia do Francês com objectivos específicos, Francês ensinado a adultos migrantes, avaliação e certificação.
      100 a 150 estagiários
       
    • BELC - estágio de Verão: 5-30 de Julho de 2010
      Um percurso de formação personalizado: Mais de 100 módulos reunidos em percursos temáticos;
      Uma opção longa e uma opção curta (2 a 4 semanas);
      Uma dimensão internacional que permite uma troca cultural e intercultural muito rica;
      Um dispositivo de acompanhamento na Internet que acompanha a formação e garante a transferência das competências adquiridas;
      Mais de 400 estagiários que representam cerca de sessenta países.
       
  • Um seminário acerca do ensino bilingue francófono, em Janeiro "nova oferta de formação"
    O CIEP propõe, a partir de Janeiro de 2008, um seminário anual sobre o ensino bilingue.
    Desde há vários anos, o CIEP, em parceria com o Ministério dos Assuntos Estrangeiros e Europeus, apoia projectos no domínio do ensino bilingue: Concepção do currículo, estudos de viabilidade, concepção de material pedagógico, elaboração de planos de formação contínua, formação de grupos de formadores, de professores de Francês e de professores de disciplinas não linguísticas, na França e no estrangeiro.
    O CIEP interveio, por exemplo, na Bulgária, na Macedónia, na Albânia, na Roménia, etc. Ele propõe, além disso, um boletim de informação electrónico, Le Billet du bilingue.

Uma oferta de formação à distância

"PRO FLE, profissionalização em FLE" destina-se aos professores que ensinam o Francês a estrangeiros e como segunda língua e que desejam reforçar as suas competências no âmbito de uma formação permanente à distância.
Esta formação, elaborada em conjunto pelo CIEP (concepção em engenharia pedagógica), CNED (concepção em engenharia de formação à distância) e pelo Ministério dos Assuntos Estrangeiros, foi validada por uma comissão científica do FLE especializada em didáctica e ensino à distância.
Ela compreende 3 módulos,

  • PRO FLE / Construir uma unidade didáctica
  • PRO FLE / Pilotar uma sequência pedagógica
  • PRO FLE / Avaliar

Formações personalizadas

Estas formações destinam-se, principalmente, a professores e formadores estrangeiros e franceses. Elas abrangem o ensino do Francês a estrangeiros, como língua de comunicação profissional, língua de ensino e de aprendizagem (segunda língua ou ensino bilingue):

  • Didáctica,
  • Língua, cultura e intercultural,
  • Tecnologias da informação e da comunicação,
  • Engenharia da formação,
  • Avaliação.

Contact : dlf@ciep.fr

Avaliação e certificados

Formações personalizadas

No âmbito das suas actividades de auditoria e de peritagem e de apoio à concepção de diplomas e de provas de exames estrangeiros em língua francesa, o CIEP propõe formações e estágios de habilitação.

  • No domínio pedagógico:
    • Formações sobre a concepção de testes e de diplomas calibrados e configurados segundo as normas europeias e internacionais, sobre auditoria e metodologia geral de avaliação no âmbito de projectos educativos;
    • Habilitação de examinadores e de correctores de exames e de júris.
  • No domínio psicométrico:
    Formações sobre a utilização de programas e de processos de análise psicométrica, concepção de testes e de diplomas calibrados e escalonados segundo normas europeias ou internacionais.

Contato : dec@ciep.fr

Educação

Um encontro anual, em Junho

Desde 2004, o CIEP organiza, em parceria, um seminário anual destinado aos responsáveis de sistemas educativos em países emergentes (Ásia, África e América Latina) envolvidos na planificação, recrutamento e formação de professores da educação básica.

Em 2007 (11-15 de Junho), este seminário debruça-se sobre o tema "A profissionalização dos professores do ensino básico: recrutamento sem formação inicial" (descrição da situação, o ofício de professor, alternativa à formação inicial).
Foi organizado em parceria com a Agência Francesa de Desenvolvimento (AFD), o Ministério dos Assuntos Estrangeiros (Direcção Geral da Cooperação Internacional e do Desenvolvimento), o Instituto de Planificação da Educação (IIPE) e a Organização Internacional da Francofonia (OIF).
Os seminários anteriores estudaram os seguintes temas:

  • A avaliação ao serviço da qualidade na educação: Práticas e interesses em jogo (2006);
  • As práticas dos pessoais encarregados da avaliação no sistema escolar (2005);
  • A avaliação das estruturas de ensino (2004);

O seminário de 2006 foi objecto de Actas: "As avaliações na educação a nível internacional: repercussões, contradições, incertezas".

Formações personalizadas

No domínio da educação, as formações destinam-se a responsáveis de sistemas educativos estrangeiros, formadores, inspectores, conselheiros. Elas abrangem, principalmente, os seguintes temas:

  • Pilotagem, gestão e avaliação dos sistemas educativos; a reforma e a adaptação de currículos;
  • O ensino técnico e profissional e os ensinos tecnológicos curtos;
  • A qualidade na educação.

Contato:partement.education@ciep.fr